domingo, 1 de março de 2015

[Resenha] Terras de Sombras - Alyson Noël

Autora: Alyson Noël
Editora: Intrínseca
Páginas: 280
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Shadowland

Ever e Damen atravessaram diversas vidas e enfrentaram os mais terríveis inimigos com um só objetivo: ficar eternamente juntos. E quando esse sonho está ao alcance das mãos, um poderoso feitiço cai sobre Damen. Agora, para ele, simplesmente tocá-la ou encostar os lábios nos dela significaria a morte, o exílio definitivo em uma terra de sombras.
Desesperada por livrá-lo da maldição, Ever mergulha de corpo e alma na magia e encontra uma ajuda inesperada: um surfista chamado Jude. Apesar da profunda lealdade a Damen, é inevitável que ela se sinta atraída por esse garoto estranhamente familiar, de olhos verdes, dons mágicos e passado misterioso.
Ever sempre acreditou que Damen fosse seu destino - mas e se o futuro tiver reservado outros planos? Com Jude cada vez mais próximo, pela primeira vez em séculos esse amor é posto a prova.


Nota: Essa resenha foi escrita em fevereiro de 2014 e pode conter spoilers do primeiro e segundo livro.

Resenha:

Este é o livro mais criticado de Os Imortais. Todos comentam que ele foi enrolação atrás de enrolação, já que Alyson prometeu seis livros e a história não se aguentaria até esse ponto. Concordo que Terra de Sombras teve poucos momentos bombásticos, mas dizer que ele foi enrolação é uma injustiça. Ele também não é meu preferido, mas se não fosse por um momento acontecido nele, a história de Chama Negra (que é a melhor, até agora) não teria nem chegado a metade do que foi.

Começando pelo ponto alto do livro na minha opinião, temos a entrada de Jude, que eu considero mil vezes melhor que o Damen que, ao lado do Patch, está na minha lista de protagonistas detestáveis. Sinceramente, não sei como essas meninas caem de amores por personagens como esses. Mas é questão de gostos, né? Enfim! Curti muito o Jude, ele tem uma química incrível com a Ever e eu cheguei a torcer para ela ficar com ele no fim da série, desculpa sociedade!

Além de Jude, Roman continuou sendo um ótimo personagem e vilão para a série. O sarcasmo é o ponto alto do personagem e seus embates com Ever são os melhores. Miles também é bem engraçado, e Haven, apesar de não ser a melhor amiga do mundo, não é tão irritante. Infelizmente não podemos falar o mesmo dela, afinal, Ever continua sua graduação em ''Como ser uma mala insuportável''. Sinceramente, Ever é tão chata que é impossível não ficar feliz quando ela se dá mal - mesmo que a gente sinta pena dela no mesmo segundo.

Mesmo com um casal de protagonistas extremamente irritante, Alyson merece pontos pelo misticismo que ela apresenta a cada livro - e que só melhora com o passar dos mesmos. Summerland também é outro ponto alto na criação do mundo Os Imortais que a autora fez, e é impossível não querer visitar o local. Também amei descobrir o destino dos Imortais quando eles morram (sim, eles não são tão imortais assim...). E a narrativa da autora também é ótima, as páginas são folheadas pelo leitor em questão de minutos. Eu particularmente terminei o livro em um dia.

Alyson também sempre consegue apresentar um cliffhanger ótimo nos finais de cada livro e em Terra de Sombras não é diferente. Depois de tantas cordas bambas que Ever recebe e precisa se sair, é capaz que ela desista de si mesmo antes de Infinito. Brincadeira. Enfim, mesmo com todos massacrando a saga, eu gosto bastante dela e recomendo. Vai de cada um dar uma chance ou desistir nos primeiros livros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário