sábado, 30 de julho de 2016

[Resenha] Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - J.K. Rowling

Autora: J.K. Rowling
Editora: Rocco
Páginas: 348
Classificação: 5/5 estrelas
Título Original: Harry Potter and the Prisoner of Azkaban

Durante 12 longos anos, a assustadora fortaleza de Azkaban manteve prisioneiro o bruxo Sirius Black. Condenado pelo assassinato de 13 pessoas com um só feitiço, alguns acreditam que Black seja o mais fiel dos seguidores d'Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado. 

Agora ele fugiu da prisão. E os guardas da prisão disseram que Black andara repetindo a seguinte frase durante o sono "Ele está em Hogwarts... ele está em Hogwarts." Será que o perigoso bruxo esta vindo atras de Harry? Seja como for, Harry não está seguro, nem mesmo dentro de sua escola de magia, cercado por seus amigos. Principalmente porque, para piorar as coisas, pode haver um traidor entre as pessoas que o cercam.

Resenhas anteriores: Harry Potter e a Pedra Filosofal | .

Resenha:

Juro solenemente não fazer nada de bom!

Meu objetivo era ler um livro da série por mês, mas por vários motivos, acabei não conseguindo seguir esse "cronograma" e desde Fevereiro não lia nenhum. Ou seja, devo correr se quiser terminar a saga ainda esse ano. Mas estamos aqui para falar do terceiro volume, O Prisioneiro de Azkaban, então vamos logo começar!

Começando pela história, sem dúvidas, foi a melhor até agora. Mesmo o livro ainda sendo classificado como uma trama Infantojuvenil, a trama é bem mais complexa do que as duas anteriores. Mas isso não foi um problema, até porque J.K. soube muito bem trabalhá-la, acrescentando bons personagens e momentos. O clima de suspense é bem maior do que os anteriores e realmente sentirmos que Harry pode acabar sendo pego à qualquer momento, seja por Sirius ou pelos Dementadores, que são um dos pontos altos do livro. O modo como eles são introduzidos na história é maravilhoso, e a sensação de mal-estar que os personagens sentem é passada para o leitor.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

[Resenha] It Girl - Garota Problema | Cecily Von Ziegesar

Autora: Cecily Von Ziegezar
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: The It Girl

Depois de aparecer em todas as revistas de celebridades e protagonizar alguns dos maiores escândalos de Nova York, Jenny Humphrey não tem outra saída: precisa procurar um novo colégio. Mas ela não quer qualquer colégio; quer seguir os passos de Serena e se tornar a mais popular nova-iorquina em um colégio interno. Depois de muito procurar, encontra a Waverly Academy, um colégio interno no campo, frequentado pela elite de Nova York, e, mais importante, um internato misto com meninos e meninas fabulosos que não deixam as regras atrapalhar seu objetivo maior: se divertir!

Nota: Essa série é um spin-off de Gossip Girl, por isso, a resenha poderá conter spoilers. Leia por sua conta e risco!

Resenha:

Toda garota sonha com isso. Mas até onde ela iria para ser a It Girl?

Após participar de oito livros de Gossip Girl, Jenny acabou ganhando sua própria série, It Girl. Mas seria preciso um bom motivo para a garota sair de Nova York, afinal apenas sua vontade de ser uma nova Serena não era suficiente. Com isso, após ser noticiada como "a-garota-que-ficou-com-os-cinco-integrantes-dos-Ravens-incluindo-o-próprio-irmão'', Rufus não vê outra saída a não permitir a filha ir para outra escola. E após pesquisar e achar o internato Waverly, o destino parece estar do seu lado, colocando-a no quarto que era de Tinsley Carmichael, uma das garotas mais populares mas que foi expulsa por ser flagrada com ecstasy. O que Jenny não esperava era que suas colegas de quarto fossem tão manipuladores quanto à ex-amiga.

De fato, esse livro me reservou surpresas desde o início. Primeiro porque achei que a narração seria toda feita por Jenny, mas assim como em Gossip Girl, todos os personagens principais têm direito à um capítulo. Também acreditava que Jenny seria a garota mais manipuladora até porque ela tem objetivos bem claros para ir estudar na escola, mas não. Jenny - pelo menos, nesse primeiro livro - foi apenas um dos peões manipulados por Callie. Ela é a típica garota que tem coragem de incriminar qualquer inocente se isso significar salvar sua pele e como um acontecimento pode causar sua expulsão definitiva da Waverly, ela começa a agir. Jenny, por sua vez, começa o livro querendo ser uma "nova Jenny", mas ao longo da história, ações da "velha Jenny" continuam acontecendo.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

[Resenha] Gossip Girl - Nunca Mais! | Cecily Von Ziegesar

Autora: Cecily Von Ziegesar
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Gossip Girl - Nothing Can Keep Us Together

Chegou o aguardado momento da festa de formatura dos bem nascidos do Upper East Side. Enquanto as meninas da Constance Billard procuram o vestido perfeito para a grande noite, os veteranos da Riverside Prep caem na farra - como se não tivessem feito isso o ano todo! Os hormônios estão em ebulição e todo mundo quer se dar bem na noite de formatura.

Nate e Serena são o novo casal do momento. Mas Blair nem tem tempo para sofrer: um príncipe, quer dizer, um lorde, surge em sua vida de forma arrebatadora, atraindo os olhares e provocando muita fofoca, é claro. Jenny continua à caça do internato mais malcomportado do estado para poder aprontar com louvar no próximo ano. Vanessa e Aron parecem apaixonados, mas Dan reaparece; e está ainda mais fofo! Será o início de uma batalha pelo amor de Vanessa? Em NUNCA MAIS!, oitavo volume da série, só o tempo poderá revelar o destino de nossos queridos personagens, mas uma coisa é certa: o amor está no ar e ele tem cheiro de Gucci Envy.

Nota: A resenha poderá conter spoilers dos livros anteriores (todos mencionados no fim da resenha). Leia por sua conta e risco!

Resenha:

A formatura chegou!

Após o final do sétimo livro, Ninguém Faz Melhor, foi impossível não começar logo esse volume. E ele trouxe significativas mudanças nos personagens, principalmente em Blair. Após ter sido aceita em Yale, a garota deixa sua insegura de lado e começa a acreditar mais em si mesma. Acontecimentos que a abalavam nos livros anteriores, não mexem mais com seus sentimentos; e isso foi bastante benéfico para a personagem. E em determinado momento, temos uma cena entre ela e Chuck, que me fez pensar se Cecily pensa em desenvolver algo entre os dois - nem que seja rapidamente - para "homenagear" o casal que os dois formaram na série de TV.

Já Serena começa sua missão de ser a namorada perfeita para Nate, já que os dois estão juntos após o flagra de Blair. Mas isso não será uma missão fácil, já que fica explícito que Nate sente algo por Blair, apesar de todas as burradas e traições que cometeu. O personagem passa o livro todo chorando e ri bastante disso. E como Blair aparentemente o superou, algo tem que surgir para causar atrito em sua amizade com Serena, não é?! E isso tem nome e sobrenome: o remake de Breakfast at Tiffany's (aka Bonequinha de Luxo), filme preferido de Blair e o qual ela decide que deve ser a protagonista. Mas Serena, obviamente, também faz o teste e o novo embate fica no ar. Dan continua sem plot próprio e seu único papel no livro é fugir de um escritor que quer sua colaboração para o novo livro que está escrevendo, e ficar com Vanessa enquanto ela está com Aaron. Fiquei bastante chocado com isso, afinal no livro anterior ela e Aaron pareciam o casal perfeito. Também fiquei triste por Blair ir embora do apartamento dela, pois essa amizade improvável rendeu ótimos momentos.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

[Resenha] Gossip Girl - Ninguém Faz Melhor | Cecily Von Ziegesar

Autora: Cecily Von Ziegesar
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Gossip Girl - Nobody Does it Better

Enquanto alguns ainda esperam pelas respostas das universidades, outros não conseguem decidir para qual ir... Mas nada disso importa para os jovens privilegiados de Manhattan. Todos só querem aproveitar os últimos dias da escola para fazer o que sabem: se divertir e, principalmente, namorar o quanto puderem! 

Serena e Jenny mergulham fundo em seus novos papéis de queridinhas da banda de rock mais cool de Nova York. Já o angustiado Dan arrasa (ou, digamos, seria arrasado) nos palcos e ainda por cima ganha os olhares amorosos de uma misteriosa e bela francesinha. Enquanto isso, Blair e Nate finalmente vivem seu momento de casal apaixonado. Mas será que esta felicidade vai durar muito tempo?

Nota: A resenha poderá conter spoilers dos livros anteriores (todos mencionados no final do post). Leia por sua conta e risco!

Resenha:

Todos andam precisando de um dia de descanso.

Enfim, cheguei ao sétimo livro da série! E nunca a ansiedade dos personagens para a faculdade foi tão grande, afinal eles estão nos últimos dias de aula e, em breve, o ensino superior estará batendo à porta. Por isso, é óbvio que, de todos, Blair é a que mais deseja descobrir se irá ou não para Yale. Além disso, a personagem reata o namoro com Nate e - apesar dos pesares - gosto dos dois juntos. Mas Nate continua levando a típica "vida de chapado 24 horas por dia", o que não combina em nada com a vida perfeita de Blair, que é a que recebe maior destaque nesse volume, assim como nos demais. Ela é, inclusive, faz amizade com uma determinada garota e quem já assistiu o seriado de TV, com certeza irá estranhar inicialmente. Realmente gostei dessa interação e quero ver mais.

Já Serena não tem nenhuma grande história nesse volume e serve apenas para ser boato de um possível namoro com um integrante dos Raves, além de ser a referência de Jenny, que quer ser tão popular quanto ela. Esse plot foi trabalhado em todos os outros livros mas definitivamente me irritou nesse, pois a obsessão de Jenny chega a ser irritante - até Serena se cansa, já que nos outros ela percebia que a menina queria ser como ela, mas gostava pois sentia-se um "exemplo". Mas a partir da metade da história, a irmã mais nova de Dan faz amizade com os integrantes dos Raves e, vendo que eles podem ser a ponte para um grande escândalo que a fará ser tão famosa quanto Serena, Jenny investe cada vez mais no relacionamento.