segunda-feira, 19 de agosto de 2019

[Resenha] Herdeira do Fogo - Sarah J. Maas

Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 518
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Heir of Fire

Celaena ressurge das cinzas ainda mais forte e letal. E parte em uma jornada em busca de uma obscura verdade: uma informação sobre sua herança e seus antepassados que pode mudar sua vida e o futuro de dois reinos para sempre.

Enquanto isso, forças sinistras começam a despontar no horizonte e têm planos malignos para dominar o seu mundo. Agora, depende de Celaena encontrar coragem para enfrentar tais perigos, além de seus próprios demônios, e fazer a escolha mais difícil da sua vida.

Nota: Esse é o terceiro livro da série, por isso a resenha pode conter spoilers dos volumes anteriores.

Resenha:

"Era a herdeira das cinzas e do fogo. E não se curvaria para  ninguém."

Ainda que a leitura de A Lâmina da Assassina tenha sido sofrível, não fiquei desmotivado para continuar Trono de Vidro e logo que terminei os contos, corri para esse terceiro livro, principalmente por conta do final de Coroa da Meia-Noite.

É impossível não ficar curioso sobre o destino de Celaena, por isso todas as suas cenas são envolventes. É nesse novo cenário que conhecemos alguns personagens, em especial Maeve e Rowan. Já foi perceptível o que Maeve representará na vida de Celaena - ainda mais após a segunda parte do livro -, assim como Rowan. Não tivemos nada realmente profundo entre Celaena e ele, então por enquanto continuo indiferente aos dois, mas adorei as sequências de treinamento.

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

[Resenha] A Lâmina da Assassina - Sarah J. Maas

Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 406
Classificação: 3/5 estrelas
Título Original: The Assassin's Blade

Conheça o caminho da assassina. Pavimentado com sangue, lágrimas e suor. Implacável, sedutora, letal. Poucos conhecem seu rosto, menos ainda sobrevivem à sua fúria. Não à toa Celaena Sardothian é sinônimo de morte.

Suas lâminas são certeiras, assim como seu estranho código de honra e seu aguçado senso de justiça. Mas como uma menina, encontrada agonizando pelo rei dos Assassinos de Adarlan, se tornaria a campeã do rei? Disputada pelo capitão da guarda real e o próprio príncipe herdeiro? No centro de intrigas políticas? 

Acompanhe Celaena vencer um lorde pirata e toda sua tripulação; o encontro como uma curandeira; seu treinamento com o Mestre Mudo, senhor dos assassinos silenciosos, nas dunas do deserto Vermelho; a prisão nas Minas de Sal de Endovier; ou, ainda, sua luta contra o mais escorregadio e traiçoeiro dos adversários — o próprio coração.

Resenha:

Toda lenda tem um começo.

Trono de Vidro é uma série que me surpreendeu muito, principalmente no 2º volume, Coroa da Meia-Noite, e seu final me deixou louco pelo próximo. Mas antes de iniciá-lo, é preciso passar por A Lâmina da Assassina, uma série de contos que nos prepara para os livros seguintes. Porém, não foi uma experiência totalmente positiva como os anteriores.

O livro possui cinco contos, mas de todos, só gostei realmente do segundo e do terceiro, A Assassina e a Curandeira e A Assassina e o Deserto. Foram contos que li rapidamente, tamanha a minha curiosidade para ver como terminariam, e me surpreenderam positivamente, principalmente o terceiro - o segundo é mais para introduzir Yrene, mas ainda assim foi interessante ver Celaena ajudando-a, em especial nos ensinamentos de autodefesa.

sábado, 10 de agosto de 2019

[Resenha] Esta e Todas as Vidas - Anne Marck

Autora: Anne Marck
Editora: Astral Cultural
Páginas: 288
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Esta e Todas as Vidas

Na charmosa São Tomé das Letras, em Minas Gerais, vive Antares Letícia, a jovem apaixonada pela vida no interior, pela beleza exuberante das grutas e cachoeiras pela qual a região é conhecida e, principalmente, pelas lendas e o misticismo que envolve a cidade.

Aos dezoito anos, em seu trabalho como guia turística, ela é contratada por um grupo vindo de São Paulo, e é então que conhece Bruno Romão, o homem bonito, fechado, capaz de provocar nela um perturbador sentimento de familiaridade.

Por alguma razão, Antares tem a impressão de que eles já se conhecem de algum lugar, e essa sensação se torna cada vez mais forte conforme eles se aproximam.

Resenha:

"Prometo a você aqui de cima que vamos enfrentar o que vier." - Walking the Wire, Imagine Dragons.

Romances dramáticos não são muito o meu estilo e é esse tipo de história que a sinopse de Esta e Todas as Vidas vende. Mas a lembrança que a mesma me causou sobre a série Fallen acabou me deixando curioso, o que foi motivo para eu solicitar o livro com a Astral. E acabou sendo uma ótima leitura.

Inicialmente, foi difícil me envolver com São Tomé das Letras e o regionalismo me incomodou, mas admito que a culpa é minha por ler poucas histórias que se passem no nosso país, e Anne Marck fez um ótimo trabalho. Após o estranhamento inicial, foi fácil me envolver com os habitantes da cidade e seus costumes. Os cenários são muito bem descritos e nos deixam com vontade de conhecê-los, ainda mais por realmente existirem, em Minas Gerais.

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

[Resenha] Círculo Secreto - A Tentação | L.J. Smith / Aubrey Clark

Autora: L. J. Smith (escrito por Aubrey Clark)
Editora: Galera Record
Páginas: 256
Classificação: 4.5/5 estrelas
Título Original: Secret Circle - The Temptation

Como líder do Círculo Secreto, Cassie foi constantemente confrontada com escolhas impossíveis e novos perigos. Mas, dessa vez, um movimento errado pode separar o Círculo para sempre.

Enquanto luta contra sua meia-irmã, Scarlett, Cassie enfrenta uma nova e terrível ameaça: os ancestrais que possuíram os corpos de seus amigos. A maldição de Black John foi liberada no Círculo, e cabe a ela corrigir as coisas.

Com seus inimigos rapidamente se aproximando, Cassie luta para manter seu coração verdadeiro e sua alma pura. Mas ela sabe melhor do que ninguém que toda magia vem a um preço, especialmente quando o Livro das Sombras de Black John está envolvido. Cassie conseguirá derrotar a escuridão de uma vez por todas ou o círculo estará perdido para sempre?

Resenha:

O que fazer quando tudo parece estar perdido?

Ao mesmo tempo que estava ansioso para ler A Tentação, estava triste afinal esse é o último volume de Círculo Secreto, uma série que gosto bastante e não queria me despedir dos personagens. Mas precisava fazer isso mais cedo ou mais tarde e ao finalizá-lo, não pude querer uma sensação melhor.

Cassie continuou sendo uma personagem forte, apesar dos problemas. Foi ótimo ver sua união com um personagem em prol de salvar o Círculo, o que foi benéfico também para ele - me fez perdoar suas atitudes nos volumes anteriores e entendê-lo melhor. E Faye, após estar um pouco em segundo plano no livro anterior, voltou a ter importância em determinado momento, o que foi essencial; precisávamos dela pelo menos uma última vez. Queria ter visto mais dos outros personagens, mas já aceitei Cassie-Adam-Faye-Nick-Diana como o centro principal e os demais como secundários, então nem foi uma decepção real.

terça-feira, 30 de julho de 2019

[Resenha] Círculo Secreto - A Caçada | L.J. Smith / Aubrey Clark

Autora: L. J. Smith (escrito por Aubrey Clark)
Editora: Galera Record
Páginas: 240
Classificação: 5/5 estrelas
Título Original: Secret Circle - The Hunt

Para Cassie e seu círculo de bruxas, é difícil imaginar a vida em New Salem ficando pior. Um grupo de caçadores de bruxas poderosas tem como alvo o grupo, determinado a destruí-los um por um. E a meia-irmã de Cassie, Scarlett, não vai descansar até que ela tenha uma mancha no Círculo, mesmo se ela tiver que matar Cassie para obtê-la.

A única esperança do Círculo contra seus inimigos é o livro das Sombras do pai de Cassie, um guia antigo para o mundo da magia negra. Mas Cassie logo descobre que abrir o livro tem consequências graves. Cassie está atraída pelo feitiço sinistro do livro, e ele começa a controlar suas emoções e impulsos, revelando sua relação com Adam como ele assume a sua vida.

Cassie luta contra a escuridão dentro dela, como as ameaças contra o Círculo de crescer. Mas uma vez que o mal é deixado entrar, ela nunca pode escapar.


PS: Esse é o quinto livro da série, portanto a resenha pode conter spoilers dos anteriores.

Resenha:

O que fazer quando se está tomado pelas trevas?

Ao terminar A Ruptura, o quarto volume de Círculo Secreto, e ver que Aubrey Clark - que assumiu a escrita da série após uma briga entre L.J. Smith e a editora - se manteve fiel ao que L.J. havia criado na trilogia inicial, fiquei muito animado para essa continuação.

Para quem assistiu e gostava da série de TV, essa segunda parte é ainda melhor. Não sei se foi intencional e se ela chegou a vê-lo, mas diversas histórias e sequências que Aubrey criou lembram do clima do seriado. E apesar de ser um livro curto - o que pode tornar qualquer informação um possível spoiler -, A Caçada é frenético e cheio de reviravoltas; duas sequer desconfiei e me surpreenderam positivamente, mostrando que o perigo que ronda o Círculo mais do que nunca.

quarta-feira, 24 de julho de 2019

[Resenha] O Cemitério - Stephen King

Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Páginas: 424
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Pet Sematary

Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar naquela pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha.

Num dos primeiros passeios familiares para explorar a região, conhecem um "simitério" no bosque próximo a sua casa. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram seus animais de estimação.

Para além dos pequenos túmulos, onde letras infantis registram seu primeiro contato com a morte, há, no entanto, um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras e onde forças estranhas são capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível.

Resenha:

Às vezes estar morto é melhor.

Mesmo gostando de vários filmes e séries baseados nas obras de Stephen King, nunca havia lido alguma, de fato, além do conto do conto O Nevoeiro. Sempre tive interesse, claro, mas o valor de seus livros aqui é algo complicado. Porém, com a chegada da nova versão de O Cemitério nos cinemas, resolvi parar de postergar tais leituras e peguei o livro.

E como a primeira experiência, o livro consegue honrar as expectativas, entretanto não foi totalmente perfeito. Apesar de nos envolver em uma história densa e misteriosa, a narrativa de Stephen tem problemas, em especial no detalhamento. São amontoados de pensamentos de alguns personagens e que no fim, não levam a lugar nenhum, principalmente Jud. Se analisarmos friamente, apenas algumas poucas histórias suas realmente são necessários para a história, o que torna a leitura cansativa na primeira parte.

segunda-feira, 22 de julho de 2019

[Resenha] We Can Be Mended - Veronica Roth

Autora: Veronica Roth
Editora: Katherine Tegen Books
Páginas: 29
Classificação: 3/5 estrelas
Título Original: We Can Be Mended

Enquanto Tobias se esforça para entender e superar seus medos, o mundo que ele conheceu mudou para além do reconhecimento. Moradores da periferia, ex-facção, desertores da agência e imigrantes agora coexistem nas ruas reconstruídas de Chicago.

É um mundo novo e melhor, onde ele não sabe como pertencer. Como todo mundo parece seguir em frente, Tobias ainda é assombrado por aqueles que não puderam. Mas novas conexões de velhos amigos o ajudam a começar a curar - e consertar.

Nota: A resenha contém spoilers dos livros anteriores e do próprio conto.

Resenha:

Nós podemos ser consertados.

Divergente é uma trilogia que gosto muito. Apesar de achar Insurgente uma falha, gosto bastante do primeiro livro e de Convergente - que 98% dos leitores odeiam - e Tris e Tobias são dois dos personagens que mais já me identifiquei e torci. Por isso, quando Veronica Roth anunciou este conto como bônus para o lançamento de Crave a Marca, logo fiquei curioso, mas na época o conto era quase impossível de achar.

Minha reação à morte de Tris ainda é bem complexa até hoje; odeio pois queria Four e ela felizes, mas também gosto, pois guerras são assim, nem sempre todos terão finais felizes. Foi uma decisão corajosa por parte da autora, principalmente porque não achei uma morte gratuita, como a de certa personagem em A Cura Mortal, por exemplo. Então, é claro que queria ver como Four estava cinco anos após o final do terceiro livro.

sábado, 20 de julho de 2019

[Resenha] Horizonte - Alyson Noël

Autora: Alyson Noël
Editora: Leya
Páginas: 308
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Horizon

O destino os uniu – e os separou. Em Horizonte, último volume da série Soul Seekers, Daire e Dace se preparam para enfrentar os Richter de uma vez por todas mas, para isso, precisam descobrir o que o futuro reserva para eles. São realmente predestinados a ficarem juntos? Ou outro destino muito mais sombrio os aguarda?

Nesta empreitada, Daire não pode mais contar com a preciosa orientação de sua avó, Paloma. Mas ela e Dace terão a ajuda de seus amigos, Xotichl, Auden, Lita e Axel, e dos anciãos Pé Esquerdo, Cree, Chay e Chepi. A energia da juventude e a sabedoria dos anciãos serão as melhores armas que eles terão na luta para tentar salvar os três mundos da destruição do Coiote.

Resenha:

O que você sacrificaria por amor? 

Alyson Noël é uma autora que consegue me envolver em suas histórias, por isso é uma das minhas favoritas. Exceto Riley Bloom, gostei de todas suas outras séries até o momento - Os ImortaisBelos Ídolos e The Soul Seekers, que acabei de finalizar e tive uma história engraçada. Não havia gostado muito do primeiro livro, mas resolvi dar uma segunda chance depois de anos e o reli, conseguindo uma melhor experiência desta vez e continuando a série.

Por isso, digo que Soul Seekers é uma série que cresce com o passar dos livros. A mitologia parece um pouco confusa inicialmente, mas tudo vai se encaixando e nos envolvendo com o passar da leitura. E com Horizonte, a conclusão de tudo, não foi diferente. Esse quarto livro foi bem interessante, principalmente por nos dar mais da ligação entre Dace e Cade, o plot mais interessante da saga. Foi interessante a certa inversão de papéis entre os irmãos, em especial com Dace e o "despertar" de seu lado negro.

sexta-feira, 12 de julho de 2019

[Resenha] Métrica - Colleen Hoover

Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Slammed

Após a morte do pai, a ausência torna-se a maior companheira de Lake. A responsabilidade pela mãe e pelo irmão a congelam em um limbo de luto e dor. Por fora, ela parece corajosa e tenaz; por dentro, está perdendo as esperanças. E se mudar do único lar que conheceu não ajuda em nada.

Agora em uma nova casa, em uma nova cidade, ela precisa achar seu caminho. E um rapaz apaixonado por poesia pode ser o guia perfeito. Quando conhece o novo vizinho, Layken imediatamente sente uma intensa conexão. Algo que finalmente parece desanuviar um pouco sua realidade.

Mas o caminho da verdadeira felicidade não é feito de tijolos dourados, e logo uma revelação atordoante faz o novo relacionamento ser bruscamente interrompido. O dia a dia vai se tornando cada vez mais doloroso à medida que eles se esforçam para encontrar um equilíbrio entre os sentimentos que os aproximam e as forças que os separam.

Resenha:

Poesia, amor e tragédia.

Um Caso Perdido e O Lado Feio do Amor foram ótimos livros, por isso queria muito ler outros de Colleen Hoover, como Métrica; então quando o vi em um sebo, não pensei duas vezes antes de trazê-lo para casa.

Gostei bastante de Lake e Will. Apesar de Lake ter uns momentos irritantes, é uma boa personagem em um geral e é fácil torcer por Will e ela - principalmente depois de descobrir mais sobre o passado dele. Para quem já leu outros livros de CoHo, é perceptível que esse é o seu primeiro, até porque a trama é bem "clichê" - apesar de guardar aquela reviravolta de sempre -, mas ainda assim consegue nos envolver e levar até o fim para ver o que acontecerá com os dois.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

[Resenha] Depois Que Você Me Deixou - Samantha Young

Autora: Samantha Young
Editora: Astral Cultural
Páginas: 336
Classificação: 3.5/5 estrelas
Título Original: Into the Deep

Três anos se passaram desde o último encontro de Charley e Jake. A garota tem a sensação de que, finalmente, superou seu antigo amor e está pronta para sair dos Estados Unidos e seguir o sonho de estudar em Edimburgo, na Escócia. Porém, o destino reserva uma surpresa que não estava em seus planos: Jake. 

O jovem está disposto a se reaproximar e, quem sabe, reatar a amizade. Mas Charley precisa aprender a lidar com o fato de que, agora, Jake tem uma namorada. A garota parece estar em um beco sem saída com a ideia de ter Jake de volta em sua vida.

Afinal, ela ainda não consegue resistir ao charme do ex, muito menos ignorar os sentimentos do passado que voltaram com toda a força. Mas uma coisa é certa: ela precisa ser forte e não permitir que Jake a magoe novamente..

Resenha:

Vale a pena escutar apenas o coração e reconsiderar os erros do passado?

Apesar de achar New Adults quase sempre uma fórmula já repetida, Depois Que Você Me Deixou me chamou a atenção nos lançamentos da Astral Cultural; o que me fez solicitá-lo. Não conhecia nada da autora, mas já havia visto resenhas positivas sobre suas obras e essa foi uma boa introdução, apesar de alguns problemas.

O livro divide-se entre duas narrativas, a de 2012 e 2008, que é a melhor. Todos os capítulos nesse ano são interessantes, pois ao mesmo tempo que estamos curiosos para saber o que causou o rompimento de Jake e Charley, o início do namoro é cativante. E Samantha Young fez um ótimo trabalho, pois além de nos envolver, ainda inseriu um motivo surpreendente - pensei na possibilidade e de fato, aconteceu, mas não com quem eu imaginava.