sábado, 31 de outubro de 2015

Zoey Deutch protagonizará adaptação de "Antes Que Eu Vá"


A Awesomeness Films irá adaptar o livro Antes Que Eu Vá de Lauren Oliver e a atriz que dará vida a Samantha Kingston já foi anunciada: Zoey Deutch, a Rose de Academia de Vampiros. O roteiro foi escrito por Maria Maggenti e a direção ficará a cargo de Ry Russo-Young.

Segundo o IMDb do filme, Diego Boneta (atualmente em Scream Queens) e Logan Miller também estarão no longa. Pelas características físicas dos atores, acredito que eles irão viver Rob e Kent, respectivamente; mas isso ainda não foi confirmado. Ry Russo-Young vai dirigir o roteiro escrito por Maria Maggenti.

O livro gira em torno de Sam, uma veterana do ensino médio que parece ter a vida perfeita até a sexta-feira, 12 de fevereiro, que deveria ser só mais um dia. Em vez disso, ele acaba sendo o último. Mas então ela ganha uma segunda chance, e outra, e outra, e revive o mesmo dia vezes seguidas enquanto tenta desvendar o mistério de sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.

Enquanto lia o livro, eu não imaginei Sam como a Zoey, mas adoro ela e espero que o filme seja fiel ao livro. Se quiser saber mais sobre ele, a resenha está aqui.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

"Os 13 Porquês" irá virar série de TV!

Finalmente, a tão esperada adaptação de Os 13 Porquês irá acontecer! Mas diferente do que foi inicialmente planejado, o projeto não será um filme, mas uma série produzida por Selena Gomez.

Além de Selena, Mandy Teefey - mãe da cantora -, e o produtor Kristel Laiblin vão trabalhar no projeto. Os três serão produtores executivos.

Segundo o Deadline, Selena está em negociações finais para que a série seja exibida pela Netflix e se o projeto for aprovado, a temporada será composta por treze episódios, o que nos leva a acreditar que cada um irá focar-se em um porquê que levou Hannah Backer a cometer suicídio.

Desde 2011, uma adaptação do filme vem sendo discutida e a própria Selena era apontada como a protagonista, mas até o momento não foi revelado se ela irá realmente dar vida à Hannah. Espero que a Selena seja confirmada pois sou grande fã dela, mas se ela limitar-se apenas a produção, ainda ficarei feliz pois espero a adaptação do livro há anos.

E se você não conhece o livro, leia a resenha dele aqui. A história gira em torno de Clay Jensen que retorna da escola para casa e encontra uma misteriosa caixa com fitas cassete dentro, gravadas por Hannah Baker, sua colega de classe por quem ele era apaixonado. Acontece que Hannah cometeu suicídio duas semanas antes e explica treze razões por que ela decidiu acabar com sua vida. E Clay é um delas.

E se for reproduzir essa notícia no seu blog, não esqueça dos devidos créditos ao Crush For Books

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

[TAG] Eu devia odiar, só que não!

E aí, pessoal! Como eu disse no post da TAG Amizade Literária, eu iria trazer mais tags para o blog e enfim, estou aqui com a segunda. Ela se chama Eu devia odiar, só que não! e também vi no Recanto da Mi. Ela funciona da seguinte maneira: você deve listar vilões que você deveria odiar, mas acabou acontecendo o contrário.

Eu simplesmente adorei essa tag pois (ás vezes) acabo gostando mais deles do que dos próprios protagonistas, então vamos ver quem são os meus favoritos? Se eu tiver mais de um na mesma série, os dois serão colocados na mesma posição.

OBS: Tentarei ser o mais "limpo" possível, mas esse post pode conter spoilers das séries, portanto cuidado se você não as acompanha e pretende fazer isso!


1. Katherine, Damon, Kol, Klaus e Kai - The Vampire Diaries:

Ok, assumo que já comecei roubando e coloquei cinco personagens em uma mesma categoria, mas é impossível não amar esses personagens! Katherine é a dissimulação mór da série; Damon, apesar de não ser um vilão propriamente dito, também tem seus momentos maldosos; os irmãos Klaus e Kol também causam várias guerras em Mystic Falls; e Kai, por fim, foi - na minha opinião - o salvador da 6ª temporada.


2. Faye e Jake - The Secret Circle:

Eu AMO a Phoebe Tonkin e o Chris Zylka, então vocês já imaginam como fiquei ao ver que os personagens dos dois iriam se envolver, não é? E Faye e Jake são o tipo de casal que não dão o braço a torcer, ou seja, eles não assumem que se amam de verdade, mas a atração (e maldade) sempre está presente quando eles estão juntos. Até hoje não superei o cancelamento da série :/


3. Blair, Chuck e Georgina - Gossip Girl:

Dos três, Georgina é a mais vilã; mas Blair e Chuck também já colocaram suas garrinhas de fora - todos os personagens da série, se analisarmos friamente. Mas é impossível resistir ao sarcasmo desses três, principalmente quando eles estão brigando entre si (ou unidos por um mesmo objetivo).


4. Alison DiLaurentis - Pretty Little Liars:

Quem acompanha PLL, vê pelos flashbacks o quanto Ali era perversa com seus colegas de escola e com as Liars (e olha que essas são suas "amigas"). Imagina o que a menina já aprontou e nós não vimos? Mas como eu sempre tenho uma queda por vilões, não consigo odiar (por muito tempo) a personagem.


5. Tate Langdon e Madison Montgomery - American Horror Story:

Para quem não conhece AHS, a série é uma antologia, ou seja, a cada temporada acompanhamos uma história diferente. Tate está na primeira, Murder House, e é o melhor personagem da temporada. Já Madison está na terceira, Coven, e também rouba toda a cena para si. Emma Roberts é uma das minhas atrizes favoritas e ela sempre arrasa fazendo vilãs, então vale mencionar ainda Chanel da série Scream Queens e Jill do filme Pânico 4.


6. Sutton Mercer - The Lying Game:

TLG também é de Sara Shepard, a mesma criadora de Pretty Little Liars, e acho a série (tanto nos livros como na TV) melhor do que PLL. Infelizmente, TLG foi cancelada na 2ª temporada, mas com apenas duas temporadas foi possível ver o quanto Sutton é manipuladora e capaz de tudo para conseguir o que quer, principalmente no final da 1ª temporada, que deixa o telespectador de queixo caído.


7. Theo Raeken - Teen Wolf:

Theo é o mais recente exemplo de falsiane das séries de TV. Ele chega em Beacon Hills fingindo ser amigo de Scott, mas na verdade, está junto com outros vilões que desejam destruir ele e seus amigos. Admito que gosto mais do personagem porque quem o interpreta é o Cody Christian (de PLL), mas que ele é bem sádico, é inegável.


8. Junior - Under The Dome:

Muitos consideraram Junior um sádico, mas eu simplesmente adoro o personagem e tenho pena dele. É visível que ele desenvolveu esse desequilíbrio por nunca ter recebido atenção dos pais. Gosto tanto do personagem que shippo até hoje ele e Angie, pois apesar dos pesares, ele mostrou que gostava dela de verdade.

---

E esses foram meus vilões preferidos! Claro que tem muito mais, mas preferi focar apenas nos de séries de TV. Quem sabe no futuro não role essa mesma tag com personagens de livros?! Espero que tenham gostado, e digam nos comentários os seus vilões preferidos para vermos se temos algum em comum!

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

[Resenha] Diários do Vampiro - O Retorno: Meia-Noite - L.J. Smith

Autora: L.J. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 400
Classificação: 3.5/5 estrelas
Título Original: The Vampire Diaries: The Return: Midnight

Elena conseguiu resgatar Stefan da terrível prisão em que ele se encontrava, mas de volta à Fell’s Church, ele está tão enfraquecido que mesmo o poderoso sangue da amada parece incapaz de devolver suas forças. 

Já Damon é alvo de uma magia muito poderosa, que o transforma em humano. Disposto a tudo para recuperar seu antigo poder, ele não hesita em enganar os amigos para conseguir o que quer, e nada vai impedi-lo de voltar à Dimensão das Trevas. Enquanto isso, o plano dos demônios kitsune enfim chega ao seu ápice e parece impossível conter o avanço da Última Meia-Noite.

Resenha:

A última Meia-Noite será mortal.

Depois de finalizar essa trilogia, posso afirmar o quanto ela foi um erro. Se os três primeiros livros foram excelentes e o quarto conseguiu se segurar - mesmo com os pontos negativos -, o mesmo não aconteceu com os de O Retorno. Todos livros dessa segunda trilogia chegaram em um ponto que foram extremamente arrastados e que eu não via a hora de chegar logo na última página.

Felizmente, Meia-Noite consegue ser menos pior que Almas Sombrias (foco no "menos pior") e até tem seus pontos positivos, como o foco em Fell's Church ser maior. No livro passado, esse plot (que é o único que se salvou nesses três livros) foi deixado de lado e autora focou-se em criar um quase romance de Damon e Elena - nem preciso dizer que isso, junto com as cenas desinteressantes, destruíram o livro, né? Mas aqui a maldição sobre as crianças é até bem explorada e você fica curioso para ver como tudo vai terminar. E a conclusão dessa história e a descoberta de quem estava por trás dos irmãos Shinichi e Misao me deixou de queixo caído, realmente não tinha desconfiado de tal personagem.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Daniel Sharman será Hardin de After?

Desde que a adaptação de After foi anunciada, muito se especulou quem viveria o casal Hardin e Tessa, e entre os preferidos dos fãs (e da própria Anna Todd) estão Daniel Sharman e Indiana Evans. E, ao que tudo indica, Daniel viverá mesmo o personagem nos cinemas!

Jennifer Gibgot, produtora do filme, publicou ontem em seu Instagram uma foto onde aparecia com Daniel e Anna e anunciou na legenda que eles estavam em reunião devido aos pedidos dos fãs para que o ator viva Hardin: 


Daniel até chegou a seguir a produtora e curtir um tweet do @AfterBrasil_, mas descurtiu minutos depois (tentanto esconder até uma confirmação oficial, talvez?). O quinto livro, Depois da Promessa, já foi lançado no Brasil pela Editora Paralela.

Agora só nos resta esperar e torcer para que tudo se concretize. E você, feliz com a escolha? E se for reproduzir essa notícia no seu blog, não esqueça dos devidos créditos. 

domingo, 11 de outubro de 2015

[Resenha] Gossip Girl - Eu Mereço! | Cecily Von Ziegesar

Autora: Cecily Von Ziegesar
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Gossip Girl - Because I'm worth it

Serena está totalmente apaixonada por Aarom, Vanessa e Dan parecem dois pombinhos melosos, Jenny encontra uma nova paixão e Blair está de volta à ativa, flertando com um homem mais velho, que pode ser o seu passaporte para Yale. Até mesmo Nate se depara com um novo romance na clínica de reabilitação para onde é enviado depois de ser flagrado em ação no Central Park. Muito açucarado? Pode esquecer... 

Depois da Fashion Week de Nova York, na qual todos os personagens acabam se envolvendo de uma forma ou outra, o clima de amor está no ar é soterrado junto com a neve que castiga a cidade. Traição, mentiras, fama, rompimentos e beijos entre meninas são só alguns dos ingredientes deste novo volume da série. Nada que escape ao olhar atento de cada vez mais misteriosa Gossip Girl.

OBS.: Esse é o terceiro livro da série e pode conter spoilers do primeirosegundo e terceiro livros.

Resenha:

Quando chega o Dia dos Namorados...

Prontos para mais um livro de Gossip Girl? Eu realmente gosto dessa série de livros porque elas não tem uma trama complicada ou que precise de um racíocinio forte para entendê-la. É apenas uma história que acompanha adolescentes, quase como uma novela. E a série é uma boa pedida para quando você está em uma ressaca literária ou um pouco cansado de distopias ou dramas, por exemplo.

Como eu disse na resenha de Eu Quero Tudo!, o objetivo de Cecily não é emocionar os leitores com um drama, mas sim mostrar um lado obscuro e até promíscuo dos personagens, arrancando gargalhadas dos leitores. E eu já estou envolvido com esse mundo e personagens, sempre torcendo para que eles consigam seus alcançar seus sonhos. Mas enquanto isso não acontece, nós vamos acompanhando os caminhos para isso.

Apesar desse livro não ter superado o anterior, gostei muito dele e ele tem sua parcela de importância para a série, afinal alguns personagens começam a mudar seu modo de agir e pensar nesse volume, como Nate, que começa a ver que a vida que levava drogando-se praticamente o tempo todo não é lá a melhor. E com a ida do personagem para uma rehab, temos a oportunidade de conhecer Georgina Sparks, que é importante na série de TV. Não sei se a personagem vai ter a mesma relevância ou carisma nos livros, mas estou animado para ver se isso acontece nos próximos.

sábado, 10 de outubro de 2015

[Resenha] Gossip Girl - Eu Quero Tudo! | Cecily Von Ziegesar

Autora: Cecily Von Ziegesar
Editora: Galera Record
Páginas: 288
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Gossip Girl - All I Want is Everything

Neste livro namoros começam, outros terminam, alguns terminam e recomeçam. Quais? Nossa adorável fofoqueira irá contar tudo neste livro, menos, é claro, quem ela é. Se você estava louco para saber, sim, Serena e Blair voltaram a ser melhores amigas e vão curtir o Natal em um resort no Caribe, para fugir do frio nova-iorquino e, mais ainda, de suas confusões amorosas. Só que as férias não dão muito certo quando a mãe de Blair resolve contar uma novidade bombástica...

Jenny e Nate passam um dia pra lá de romântico no Central Park, mas alguém filmou o que não devia... Nate conseguirá ser um namorado tão fofinho? Dan está em crise criativa e não sabe o que fazer. Vanessa tem uma solução picante, mas era que ele irá gostar da idéia? E o melhor ainda está por vir: a fantástica festa de ano-novo organizada por Serena.

OBS.: Esse é o terceiro livro da série e pode conter spoilers do primeiro e segundo livros.

Resenha:

Enquanto a faculdade não chega, as festas fim de ano são uma boa pedida.

Para quem assiste ou assistiu a série e está acostumado com as personalidades dos personagens na mesma, os livros de Gossip Girl podem não ser a melhor leitura do mundo, afinal os personagens aqui são muito mais promíscuos e "sujos" do que no seriado. Mas é aí que está a graça do livro. A série de Cecily Von Ziegezar não quer emocionar ou marcar os leitores com um drama ou quotes, o objetivo dos livros é justamente mostrar esse lado "mal" dos personagens.

Acho que isso é um dos pontos que me fazem querer continuar a série. Além da misteriosa Gossip Girl, que consegue me tirar várias risadas, quero saber até onde os personagens estão dispostos a irem para conseguir o que querem. E se série eles são mais suavizados, mas ainda assim cometem vilanias e trapaças, imagina aqui onde são todos uns piores que o outro. E como a própria GG diz, nós amamos isso.

Nesse volume, a seriedade de ir para a faculdade do livro anterior é deixada de lado, e todos voltam a ser os jovens festeiros do primeiro livro. O natal e ano-novo já está se aproximando e todos querem curtir as festas de fim de ano no melhor estilo. Serena é, para todos os efeitos, a protagonista da série; mas é Blair que recebe maior destaque nesse livro. E mesmo Serena sendo minha personagem favorita tanto nos livros quanto na série, esse destaque sobre Blair foi muito bom, pois vimos que a personagem não é tão dependente de Nate como nas duas primeiras temporadas do seriado. E não lembro se nos outros livros, a doença de Blair foi citada, então é aqui que temos o primeiro contato com ela.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Título e data de lançamento do quinto livro de "A Seleção"!


Finalmente foi divulgado o título do quinto volume de A Seleção! O último da série se chamará The Crown (A Coroa, em português). A previsão de lançamento é para o dia 03 de Maio de 2015, como mostra o banner abaixo, divulgado pela Harper Teen, a editora americana dos livros

:
A Editora Seguinte já confirmou que o lançamento no Brasil será simultâneo com o dos Estados Unidos e o título como A Coroa. Vale lembrar que além do último livro, teremos o lançamento de "Felizes Para Sempre" no dia 18 de Outubro, que reunirá todos os contos da série. E se você não conhece a série, veja as resenhas de todos os livros abaixo:

#4 - A Herdeira
#4,5 - Felizes Para Sempre
#5 - A Coroa

E se for reproduzir essa notícia no seu blog, não esqueça dos devidos créditos. 

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

[Resenha] Feios - Scott Westerfeld

Autor: Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
Páginas: 415
Classificação: 3/5 estrelas
Título Original: Uglies

Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá.

Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.

Resenha:

Em um mundo de extrema perfeição, o normal é feio.

Há muito tempo, queria ler Feios. A premissa é totalmente original e chamativa, afinal como seria um mundo onde todas as pessoas são perfeitas? Mas eu sempre colocava vários livros na frente até que encontrei a série completa em promoção e comprei. E diferente da sociedade da distopia, a história não é lá tão perfeita...

Por pouco não desisti dessa leitura, sério! O começo do livro é extremamente arrastado e por várias vezes, lia páginas e mais páginas, mas acabava desistindo e fechando o livro. Nada acontecia na história e eu não conseguia me conectar com ela. Mas continuei tentando gostar da história e confesso que ela até melhora a partir da segunda parte, mas ainda assim, continuava com um sentimento de que nada realmente importante acontecia, entendem? Esse sentimento só acabou quando cheguei na terceira e aquele clima de distopia começou.