segunda-feira, 2 de março de 2015

[Resenha] Cretino Irresistível - Christina Lauren

Cretino IrresistívelAutora: Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 252
Classificação: 3.5/5 estrelas
Título Original: Beautiful Bastard

Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennett Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennett acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennett e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.

Resenha:

Depois do sucesso de Cinquenta Tons de Cinza, os romances eróticos (ou New Adults) começaram a sair aos montes, todo com o mesmo intuito de ser tão - ou mais - chamativo que a trilogia de E.L. James. Belo Desastre, as trilogias Rockstar e Crossfire... São incontáveis sagas, mas até agora nenhuma conseguiu o tão sonhado posto. Mas isso não quer dizer que elas são ruins, muito pelo contrário, e Beautiful Bastard se encaixa nessa categoria.

Primeiramente, devo dizer que não achei a linguagem do livro tão chula como a de Toda Sua e Cinquenta Tons de Cinza. Tem suas palavras ''vulgares'' sim, mas não é algo direto e na maioria das vezes, nós faz rir por ser numa fala irônica de Chloe ou Bennett. E é esse é o ponto alto do livro: ele se prende muito mais no romance de cão e gato dos dois, do que nesse lance de homem controlador e/ou sadomasoquista. Na verdade, o livro é quase uma aversão ao gênero: aqui, Bennett parece ser muito mais dependente da Chloe do que ela dele.

Ela, aliás, é o melhor personagem do livro. Se você leu Toda Sua e achou Eva atrevida e irônica, pode ter certeza que Chloe é mil vezes mais. As falas que ela solta em uma das inúmeras discussões e provocações com o Bennett são hilárias, sem dúvidas, Christina e Lauren acertaram muito na composição da personagem - se você ainda não sabia, sim, são duas autoras (Christina Hobbs e Lauren Billings) e elas combinaram seus primeiros nomes em um só. Inclusive, assim como 50 Tons, essa série era uma fanfic antes de ser publicada por uma editora.

Mas eu também curti bastante a composição do Bennett, principalmente as hilárias cenas que ele lembra dos foras que recebeu de Chloe, mostrando o quanto é dependente da secretária. Também é interessante o fato das autoras intercalarem os capítulos entre os dois (um é dele e o outro é dele, sucessivamente), pois temos a perspectiva de ambos sobre a relação, principalmente do homem, já que é comum em New Adults toda a história ser contada pelo ponto de vista feminino.

O livro é bem fininho e é basicamente isso, a relação de Chloe e Bennett dentro e fora do trabalho. E vale lembrar que a saga apresenta três casais diferentes, então os seis livros nem sempre irão trazer os mesmos personagens como principais, mas para nossa alegria, o próximo livro (Cretina Irresistível) continua mantendo o foco em Chloe e Bennett. Até o momento foram apenas esses dois que eu li, então não posso falar sobre os personagens dos outros livros. Quem sabe em resenhas futuras dos mesmos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário