domingo, 1 de março de 2015

[Resenha] Diários do Vampiro: A Fúria - L. J. Smith

Autora: L. J. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 238
Classificação: 4.5/5 estrelas
Título Original: The Vampire Diaries - The Fury

Essa resenha pode conter spoilers do primeiro e segundo livro.

O terceiro livro trata de Elena com sua adaptação ao vampirismo, bem como a sua confusão entre os dois irmãos. Embora tenham que ficar fora do caminho da cidade por causa do novo vampiro caçador, Stefan, Damon, Elena e os amigos dela terão que pesquisar sobre a sombria presença que tem ultrapassado a cidade. Eles descobrem que esse tal "poder" é uma pessoa que está determinada a matar os dois irmãos e Elena, enquanto também planeja disparar Fell's Church e todos os outros para o mesmo fim.

Resenha:

Um pacto de sangue é para sempre.

Seguindo o modo dos livros anteriores, este começa no mesmo momento que o segundo parou. A Fúria não só conseguiu manter o suspense presente desde o início da saga, como conseguiu superar O Confronto. A Lisa conseguiu se aprofundar ainda mais nesse Poder que está desestruturando a cidade e no final do livro, ela jogou TODAS as respostas na nossa cara, encaixando muito bem o quebra-cabeça e nos deixando de boca aberta. Eu já sabia quem seria o tal Poder porque recebi spoilers (e a série também revelou isso de outra forma), mas foi impossível não ficar eletrizado com o cinismo e dissimulação do grande vilão.

Os motivos para a sua vingança dessa pessoa são os mais mesquinhos possível e você fica se perguntando se ela realmente se acha vítima ou, no fundo, sabe que é a grande culpada e só quer sair como a santa da história. Mas não gostei tanto dessa pessoa como na série de TV, aqui ela realmente tem um ar inocente (mesmo sendo cruel), enquanto no seriado, ficou claro que ela é fria e calculista, e esse jeito doce foi tudo encenação. Por outro lado, gostei bastante de como ela deixou a cidade em pânico. A manipulação dos animais foi realmente sensacional.

Outra dúvida que chegou ao fim foi a tal voz que sempre incorporava Bonnie para se comunicar. Ela finalmente revelou sua identidade e motivos para tal ação, que foram bem convincentes, aliás. Também foi interessante a forma com que o vampirismo de Elena foi tratado e sua ligação com Damon, mas acho que faltou um aprofundamento devido ao mistério principal do livro, já que todos estavam focados no tal Poder. E devido ao final do livro, não sei se isso vai ser aprofundado nos próximos - eu sei o que acontece com Elena em Reunião Sombria, mas não sei como isso é desenvolvido.

Meu único problema com a leitura foi no último acontecimento do livro. A Lisa não se aprofundou nos detalhes do acontecimento e eu não assimilei de primeira, só vindo a entender o que aconteceu quando li a página do diário de Bonnie - o que me fez ficar ''Oi? Onde isso aconteceu?'' e voltar a página anterior para relê-la. No geral, A Fúria foi muito bom e não tenho maiores reclamações. E como eu já tenho Reunião Sombria, começarei a lê-lo em breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário