quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

[Resenha] Último Sacrifício - Richelle Mead

Autora: Richelle Mead
Editora: Agir
Páginas: 536
Classificação: 4.5/5 estrelas
Título Original: Last Sacrifice
Compre: Amazon Brasil

Rose Hathaway sempre jogou com suas próprias regras. Ela quebrou as regras quando fugiu da Academia St. Vladimir com sua melhor amiga e a última princesa Dragomir sobrevivente, Lissa.

Ela quebrou as regras quando se apaixonou por seu maravilhoso e fora-dos-limites instrutor, Dimitri. E ela ousou desafiar a Rainha Tatiana, a líder do mundo Moroi, arriscando sua vida e reputação para proteger futuras gerações de guardiões dhampir.

Agora a lei finalmente pegou Rose por um crime que ela sequer cometeu. Ela está presa pelo mais alto crime imaginável: o assassinato de um monarca. Ela precisará da ajuda de Dimitri e Adrian para encontrar a única pessoa viva que pode atrasar sua execução e forçar a elite Moroi a reconhecer uma chocante nova candidata ao trono real: Vasilisa Dragomir. Mas o relógio está correndo contra a vida de Rose. Ela sabe em seu coração que o mundo dos mortos a quer de volta… E desta vez ela realmente não tem uma segunda chance. A grande questão é: quando sua vida é dedicada a salvar os outros, quem vai te salvar?

Nota: Esse é o sexto e último livro da série, por isso, a resenha pode conter spoilers dos anteriores.

Resenha:

"Algumas vezes, os maiores testes de força são situações que não parecem obviamente perigosas. As vezes, sobreviver é a coisa mais difícil."

Academia de Vampiros foi uma série que me conquistou instantaneamente. Apenas O Beijo das Sombras que li em 2017, mas todos os outros cinco foram durante 2018 e, quando estava chegando a hora de ler Último Sacrifício, a dor de ser o último já começou a bater.

Os personagens continuam nos cativando e fazendo torcer por eles, principalmente Rose e Dimitri. Apesar de todos os problemas, principalmente nos dois livros anteriores, adoro os dois juntos e sempre torci para que ficassem juntos. As interações entre eles nesse último livro são uma melhor que a outra, ainda mais por conta dos problemas que os impede de ficarem juntos. Lissa e Christian também continuam ótimos e ganhando nossa torcida, mesmo que não tenham nenhum empecilho para o romance nesse capítulo.


Já Adrian, não há como não se sensibilizar com seu sofrimento, principalmente depois de tudo o que ele fez por Rose em Laços do Espírito. Mesmo torcendo por Rose e Dimitri, fiquei triste por como as coisas entre Adrian e ela terminaram aqui. Espero que em Bloodlines - spin-off que acompanha alguns personagens vistos na série - tenhamos uma conversa melhor entre eles. E exatamente pelo surgimento dessa nova série, alguns personagens ficam com finais abertos com o fim do livro. Não é algo ruim, afinal tenho curiosidade pela mesma; só espero que seja realmente tão boa quanto VA.

Em relação à história, apesar de ótimos momentos - principalmente os que envolviam Victor Dashkov e Sonya Karp -, achei algumas passagens desnecessárias e apenas encheção de linguiça, e que se fossem cortadas. A saga de Rose e Dimitri para provar sua inocência e achar o outro filho de Eric Dragomir foram bem mais interessantes do que as provas que Lissa passou durante a competição pelo trono, onde só a da floresta foi boa de se acompanhar. E o assassino de Tatiana me surpreendeu. Cogitei rapidamente a possibilidade mas a esqueci em seguida, então foi uma surpresa, de fato.

No geral, Último Sacrifício foi bom e conseguiu finalizar a série de forma satisfatória. A escrita de Richelle continua viciante e nos prendendo e espero que isso se repita em Bloodlines. Vou sentir muita falta desse universo, por isso, espero que sempre tenha muitas menções à eles no spin-off. Vale muito a pena dar uma chance a série, apesar de a era dos vampiros "já ter saído de moda".

Nenhum comentário:

Postar um comentário