terça-feira, 24 de setembro de 2019

[Resenha] Diários do Vampiro - Caçadores: Canção da Lua - L.J. Smith

Autora: L. J. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 282
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: The Vampire Diaries - Hunters: Moonsong

Após lutar com os Kitsune e escapar dos horrores da Dimensão das Trevas, Elena está prestes a embarcar numa nova jornada: ir estudar em Dalcrest College, a Universidade onde seus pais se conheceram.

Tudo parece estar indo bem. Seu relacionamento com Stefan está melhor do que nunca. Damon aparenta estar mudado, mais calmo e se dando bem com todos. Só que, quando estudantes começam a desaparecer misteriosamente do campus, todos se tornam suspeitos.

Principalmente depois que Elena descobre um segredo escondido há muito tempo. E dessa vez o final feliz pode estar mais longe do que eles imaginam. Acompanhem Elena, Stefan, Damon, Bonnie e todos os outros personagens pelo lado mais obscuro que a série já conheceu.

PS: Esse é o nono livro da série, por isso, a resenha pode conter spoilers dos anteriores. Além disso, há um leve spoiler envolvendo a relação de dois personagens.

Resenha:

O mal nunca dorme.

Espectro conseguiu ser um bom reinício de Diários do Vampiro e a saga Caçadores parece promissora. Mas apesar de ser uma ótima leitura, Canção da Lua possui pequenos problemas que espero serem solucionados no terceiro e último volume desse "capítulo vermelho".

Chega até a ser redundante criticar o triângulo amoroso entre Elena, Stefan e Damon, mas é que no nono livro (!) e isso ainda acontecer é irritante ao extremo. E o pior é que na trilogia O Retorno, ficou óbvio que L.J. Smith estava começando a seguir em frente ao juntar Damon com Bonnie, com que ele tinha bastante química e formava meu 2º casal favorito, mas o ghostwriter - provavelmente por ordem da editora - jogou todo essa evolução no lixo, voltou a focar no triângulo e os dois agora praticamente mal se falam.


Além da desculpa ser pífia, ainda introduziram um novo interesse romântico para Bonnie, mas que não possui um terço da graça que Damon e ela tinham. Mas fora isso, Elena, Stefan e Damon continuam ótimos personagens - principalmente os dois últimos, que possuem cenas bem engraçadas nesse volume, em especial uma envolvendo uma árvore. Meredith também continua recebendo um foco importante - ainda mais com essa trilogia chamando-se "Caçadores", o que ela é - e sua interação com Samantha foi interessante. Por fim, Matt também ganhou um plot para chamar de seu e teve uma maior participação na história central.

A história em si, é quase um recomeço para a trilogia, já que a de Espectro iniciou e terminou nele, então aqui acompanhamos os personagens agora na universidade. Foi impossível não lembrar da época que os mesmos foram para uma na série de TV, mas esse segundo livro foi quase um filler e torço para que o vilão que foi mencionado aqui realmente apareça em Destino. Além disso, a falta de explicação para o que houve com Tyler e Caroline ainda irrita; parece até que o ghostwriter os desconhece. No mais, é um livro curto e rápido e que nos desperta curiosidade, por isso se você já leu os anteriores e tem curiosidade, acho que vale a pena a leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário