sábado, 19 de agosto de 2017

[Resenha] Cidade dos Anjos Caídos - Cassandra Clare

Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 364
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: The Mortal Instruments - City of Fallen Angels

A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. 

Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

Resenha:

"Juro por nós dois. (...) Porque não existe nada em que eu acredite mais." - Jace.

Cidade de Vidro foi um livro perfeito, por isso estava bastante ansioso para ler os próximos da série, mas acabei demorando um pouco porque queria ler os livros da Cassandra pela ordem de publicação, ou seja, revezando os três últimos com As Peças Infernais.

A maioria dos personagens está bem diferente, principalmente Clary, que está mais "solta" e segura de si, na medida do possível. Simon também ganha mais destaque nesse livro, o que nos faz conhecer um novo personagem interessante e que possui uma ligação com outra certa personagem. Mas o plot envolvendo Jace é, de longe, o que mais chama atenção e que motiva a passarmos as páginas para chegar logo na resolução do problema. Foi o livro que o personagem mais esteve indefeso até agora na série, sem dúvidas. Já Izzy nos presenteia com vários momentos badass, mostrando a mulher forte que é, mesmo após a morte de Max. Por fim, Alec e Magnus, apesar de não receberem tanto destaque, também conseguem uma boa história para ser trabalhada.


Com a trama em si, diferente dos anteriores, Cassandra não aposta em uma cheia de ação, focando-se mais na relação e problemas pessoais dos personagens, por isso o livro parece bem arrastado em alguns momentos ou com cenas que não possuem propósito a não ser encher páginas até o climax chegar. Apesar de tudo se conectar quando o mistério é revelado e termos um vilão tão ruim quanto Sebastian ou Valentim, não tira a sensação de enrolação de algumas páginas passadas.

Apesar de não ser um livro ruim, Cidade dos Anjos Caídos não foi tão bom como os anteriores. Acredito que ele seja bem similar à Cidade dos Ossos, sendo mais uma introdução, mas agora de um novo arco e não do começo do mundo, como o primeiro. O plot twist deixado para Cidade das Almas Perdidas é bem interessante, então espero que ele consiga ser melhor que esse quarto volume. Mas se você é fã do mundo e dos personagens, é claro que deve dar uma chance para essa segunda parte da história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário