domingo, 23 de abril de 2017

[Resenha] Tocando as Estrelas - Rebecca Serle

Autora: Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Classificação: 4.5/5 estrelas
Título Original: Famous in Love

Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. 

Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. 

Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.

Resenha:

Qual a sensação de se apaixonar diante de milhões de pessoas?

Lembro que quando vi esse livro numa lista de lançamentos da Novo Conceito, cheguei apenas a ler a sinopse mas acabei o esquecendo pouco tempo depois. Ele, então, só voltou à minha mente quando foi divulgado que a série de TV Famous in Love seria baseada nele. Como gosto muito de Bella Thorne, atriz que protagoniza a série, decidi lê-lo antes da série começar. E ao finalizá-la, me arrependi de não ter lido antes!

Os personagens são o ponto alto da história, principalmente Paige, Jordan e Rainer, os protagonistas. Gostei e me identifiquei com Paige logo nas primeiras linhas, então foi bem fácil torcer por ela. Rainer quebra todos os clichês de garoto sensação do cinema pois podia ser arrogante e convencido, mas é totalmente o contrário. E Jordan, a última ponta do triângulo, apesar de passar uma imagem de bad boy inicialmente, também se mostra tão pé no chão quanto o primeiro. Até os melhores amigos de Paige, Cassandra e Jake, mesmo aparecendo pouco, nos conquistam.

A escrita da autora é fluída e nos prende rapidamente, o que torna a leitura o mais rápida possível, já que o próprio livro é curto. Prova disso é que ficamos presos até a história de Locked, livro fictício sobre qual o filme que Paige está protagonizando, e queremos saber como ela também terminará. E mesmo sendo bem leve no geral, o livro ainda guarda algumas reviravoltas para o final que nem imaginávamos.

O único ponto negativo é o triângulo amoroso. Apesar da autora tentar mostrar Paige dividida entre Rainer e Jordan, é quase óbvio quem ela realmente ama - e felizmente é o que eu mais gostei entre as duas opções - e vai escolher no final da série. E como esse é o primeiro livro de uma duologia (ao que tudo indica até agora), o final fica em aberto e nos deixando curiosos para a continuação, que ainda será publicada no Brasil pela Novo Conceito. Mal vejo a hora! E para quem tem curiosidade sobre o seriado, têm algumas mudanças sim, mas parece que será tão bom quanto o livro. Ambos recomendados!

Nenhum comentário:

Postar um comentário