quinta-feira, 31 de outubro de 2019

[Resenha] Mundo das Sombras: Filhas da Escuridão - L. J. Smith

Autora: L. J. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 240
Classificação: 4/5 estrelas
Título Original: Night World - Daughters of Darkness

Briar Creek, Oregon, nunca viu nada como a graça sobrenatural de Rowan, Kestrel, e Jade, três irmãs que se mudam para a antiga casa em ruínas próximo a Mark e Mary-Lynnette Carter.

Mark é obcecado com Jade, mas ela e suas irmãs têm um segredo. E quando mark e Mary-Lynnette as seguem em uma noite na floresta, eles estão mergulhados em um pesadelo para além de suas imaginações.

Porque as irmãs são fugitivas do Mundo da Noite, e seu irmão Ash está quente na trilha atrás delas. Ele é implacavel, lindo e tem ordens para levar as garotas de volta a todo custo. E quando ele vê Mary-Lynnette, ele decide levá-la também...

Resenha:

Há algo estranho sobre as novas garotas da cidade.

Mundo das Sombras é outra série de L.J. Smith, mas não tão conhecida aqui quanto Diários do Vampiro e Círculo Secreto. O que é injusto, pois os livros são ótimos e divertidos. Diferente das duas primeiras, Mundo das Sombras acompanha diversos seres sobrenaturais e a cada livro temos uma história diferente - apesar de os personagens poderem fazer aparições em mais de uma história. E há muito tempo queria ler esse segundo volume.

Gostei bastante dos personagens introduzidos aqui, principalmente Rowan. Ela foi minha irmã favorita, mas infelizmente não foi o centro da história. Krestel e Jade também foram ótimas personagens, assim como Mark. Mas o destaque vai todo para Mary-Linnette e Ash, principalmente esse segundo. Ele foi um dos melhores em Vampiro Secreto, então foi muito bom vê-lo novamente, ainda mais diante dos acontecimentos que o fizeram pagar pela língua e jeito egocêntrico.

A história me surpreendeu por seguir um caminho diferente do que eu imaginava - o que, felizmente, a sinopse esconde muito bem. Foi uma surpresa certo casal formado e me fez torcer pelos dois; assim como a mitologia do Mundo das Sombras é incrível, apesar de simples. Adoro as novidades que L.J. criou nesse universo para diferenciá-lo de Diários do Vampiro, principalmente os vampiros "Lâmia e "feitos", que já haviam visto antes e também reaparecem aqui.

Até o momento Vampiro Secreto continua como meu favorito, mas Filhas da Escuridão também foi uma ótima leitura e quero ler os próximos. É uma pena a série não receber atenção da Galera Record, que aparentemente desistiu de continuá-la aqui - o último foi o terceiro, em 2014, e desde então nenhum é lançado. Apesar disso, como as histórias são independentes, é possível ler esses sem o menor problema. São leituras rápidas e fluídas, ótimas para sair de uma ressaca literária, por exemplo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário