quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

[Resenha] Um Caso Perdido - Colleen Hoover

Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 384
Classificação: 4.5/5 estrelas
Título Original: Hopeless

Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.

Resenha:


A verdade pode libertá-la. Ou simplesmente trucidá-la.

Há muito tempo eu queria ler algo da Colleen Hoover pois sempre ouço coisas boas sobre as histórias da autora. Apesar de ter lido as cinquenta primeiras páginas de O Lado Feio do Amor - que pretendo continuar em breve -, Um Caso Perdido é o primeiro livro da autora que eu finalizei e a experiência não poderia ter sido melhor.

Confesso que as primeiras duzentas páginas são bem clichês, o que pode deixar a leitura arrastada; mas já estava ciente de que por volta da página 240 é que a história sofreria sua reviravolta. E a espera valeu à pena! Por mais que algumas pistas e partes desse plot twist sejam um pouco óbvias por conta de flashbacks, a maior de todas nem sequer passou pela minha cabeça. O prólogo nos dá uma impressão totalmente diferente do que realmente acontecerá, além de ter uma data presente, nos deixando ansiosos para chegar logo naquele dia e descobrir o que causou aquele momento. E todas as pontas são fechadas, conectando a história e dando sentido aos mínimos detalhes.


A construção dos personagens também é outro ponto extremamente positivo do livro. Todos, desde os principais até os secundários, são bem desenvolvidos pela autora e possuem problemas pessoais, por mais que alguns não sejam a ser tratados, como o de Brecky, por conta do livro ser narrado por Sky. Esse é o típico livro onde todos precisam descobrir as piores verdades pois só poderão seguir em frente quando finalizarem essa parte da vida, e Colleen não poupa ninguém. Sky e Holder são os que mais me identifiquei e torci, óbvio - por mais que Holder seja bem forçado na primeira parte do livro -, tanto para eles superarem os problemas, quanto para ficarem juntos. Até Six, que só aparece em alguns capítulos, nos conquista e fiquei bastante feliz ao saber que existe um conto para ela.

A escrita de Colleen é viciante e as páginas voam sem você ao menos perceber. Muita gente reclama da tradução dos títulos dos livros e percebi o porquê lendo este: Colleen brinca muito com as palavras, como com o próprio título em inglês, que perdeu um pouco do sentido já que "Um Caso Perdido" dá a entender que a relação amorosa de Holder e Sky é o foco, sendo que a trama é mais que isso. Mas entendo que a mudança é uma decisão de marketing da editora e a tradução explica todos os jogos de palavras dentro da história.

Enfim, Um Caso Perdido é um livro profundo, que vai fazer você se envolver com os personagens e sofrer junto à eles quando as verdades aparecem. É mais do que um romance clichê e bobo, mostrando que o companheirismo e amizade são tão essenciais quanto o amor em um relacionamento. A única coisa que me incomodou foi o começo clichê do namoro de Holder e Sky como eu já mencionei, mas com o fim proporcionado por Colleen, isso nem chega a ser realmente um problema. Recomendo muito a leitura e estou ansioso para ler os próximos da série, assim como outros livros da autora.

2 comentários:

  1. Olá!
    Colleen Hoover sempre dá um jeito da gente nunca descobrir o segredo maior, né? Hahah. Eu adorei esse livro também. A reviravolta é impressionante!
    Já li as continuações da série e gostei bastante. "Em busca de Cinderela" é meu favorito <3
    Parabéns pela resenha.

    Abraços
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mônica! Sim, foi um choque descobrir a ligação do Holder e da Sky hahaha. Espero gostar das continuações, pois estou bastante ansioso pra lê-las. E obrigado ;)

      Excluir