quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

[Resenha] Exclusivo - Kate Brian

Autora: Kate Brian
Editora: Galera Record
Páginas: 272
Classificação: 2.5/5 estrelas
Título Original: Private

Reed é a garota nova da vez na Academia Easton. Bolsista, ela acredita que será muito difícil se adaptar ao colégio, que reúne jovens ricos e sofisticados. Mas tudo muda quando ela conhece as Meninas do Alojamento Billings.

As mais populares e belas do campus, elas podem representar o passe para tudo que um colégio particular e exclusivo tem a oferecer: festas às escondidas, garotos lindos, roupas de grife... e segredos terríveis. Reed terá de pesar até onde está disposta a ir em nome da popularidade.

Resenha:

Tradição, Honra, Excelência... Segredos.

Um dia, comprando alguns livros no Estante Virtual, faltava certo valor para que eu conseguisse frete grátis para minha compra e me deparei com Exclusivo. Até então, nunca havia ouvido falar sobre a série, mas fui pesquisar e a história me pareceu ser um suspense com ares de Pretty Little Liars, por isso decidi incluí-lo no carrinho. Infelizmente, ao finalizá-lo, vi o quão estava errado.

Reed é uma das protagonistas mais chatas que eu já conheci, de verdade, e isso foi extremamente decepcionante, pois o começo nos faz torcer por ela. Mas com o passar dos acontecimentos, vemos o quanto ela é uma garota sem personalidade, por aceitar passar por inúmeras situações humilhantes. E o pior é que esse comportamento não tem nenhum sentido, afinal os motivos das garotas do Billings serem tão populares em nenhum momento nos convencem que elas são realmente "únicas". Noelle, o líder do grupo, é a única que ainda desperta curiosidade mas a cada capítulo a personagem demonstra que é apenas mimada e mesquinha - com exceção de uma cena. E o mesmo acontece com as demais integrantes. Já os personagens masculinos são apenas figurantes e Thomas é o único que ganha certo destaque.

A história é a mais clichê possível - e infelizmente não é em um bom sentido, pois sou adepto do discurso de que "um clichê é bom, desde que seja bem trabalhado". A tagline Tradição, Honra, Excelência... Segredos na capa quase não faz sentido, pois todos os segredos expostos já foram vistos em outros livros e não causam surpresa; além de algumas cenas não fazerem o menor sentido, como a de um certo presente que Kiran recebe no refeitório. A autora tentou mostrar que as meninas comandam o lugar mas o resultado beirou ao ridículo, pois como uma escola tão rigorosa como a Easton deixou aquilo entrar na escola? A única reviravolta realmente inesperada envolve Thomas.

Apesar dos defeitos, a leitura flui rapidamente pois os capítulos são curtos, então você os termina em um piscar de olhos. E, torcendo para que alguma revelação bombástica envolvendo as meninas do Billings aconteça no final, acabamos vidrados na história. E a última cena até deixa certa curiosidade para o que realmente acontece no alojamento, mas isso não é suficiente para superar os pontos negativos. Mesmo que este seja um livro de introdução, mais coisas poderiam ter acontecido para nos incentivar aos próximos. Vi muita gente falando que a série melhora nos volumes seguintes - principalmente no quarto -, mas provavelmente não continuarei, pois além de ser extensa (quatorze livros e dois extras), a Galera Record parece ter desistido de continuá-la, já que desde 2014 nenhum novo é lançado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário