sábado, 27 de abril de 2019

[Resenha] After - Anna Todd

Autora: Anna Todd
Editora: Paralela
Páginas: 524
Classificação: 1.5/5 estrelas
Título Original: After

Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança.

No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir um quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. 

Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar. Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.

Resenha:

Depois dele, ela nunca mais será a mesma.

Lembro que quando a Paralela anunciou After, fiquei bastante curioso para lê-lo, mas nunca o pegava de fato. Com o lançamento do filme e o intensivo das pessoas apontando o romance abusivo na história, e, particularmente, acho errado opinar sobre algo sem de fato conhecer; então isso foi um dos motivos, além da minha curiosidade, para ler o livro depois de toda a campanha contra ele. E, infelizmente, elas estavam certas.

O maior problema são os personagens. Por mais que Hardin seja realmente problemático e irritante, Tessa é tão quanto ele. É uma relação de toxicidade e abuso mútuo, o que torna impossível torcer pelos dois - ou até mesmo por eles individualmente. Mesmo torcendo para ela não aceitar tal situação, não foi uma torcida por ela em si, e sim por não apoiar ou querer qualquer forma de relação abusiva para alguém. E como o livro se resume 98% a essa relação com brigas à todo capítulo, a leitura é arrastada e provoca várias reações negativas - o que me fez desistir do mesmo na metade por meses e só voltar pouco tempo atrás e finalizá-lo de vez.

E além da do casal, quase todas as outras relações principais são desenvolvidas da mesma forma. A de Tessa com a mãe é a pior - em alguns momentos, as agressões chegam até a soar forçadas de tão exageradas -, assim como a sua com Noah. É inaceitável a forma como ela trata o garoto. A única exceção talvez seja a amizade de Tessa e Landon, mas a mesma é praticamente esquecida da metade do livro em diante. Há ainda a tentativa de nos fazer entender os atos de Hardin devido seu passado, sendo outro erro do livro. Independente do que ele passou, nada justifica suas atitudes. Ponto.

Um dos poucos - talvez o único - pontos positivos é a escrita de Anna Todd. Inicialmente, ela irrita com suas repetições em narrar toda troca de roupa de Tessa, por exemplo, mostrando que o livro foi pouco revisado no processo de transferência do Wattpad para as páginas impressas; mas com o passar dos capítulos, vemos uma clara melhora na autora, além de ser inegável seu dom de conseguir nos prender e fazer terminar o livro - independente dos motivos -, mesmo diante todos os problemas.

No geral, After foi uma das piores leituras do ano até agora, não só pela sua problemática, mas como pela estrutura da história em si. Vejo diversas pessoas gostando desse "universo" e acredito que cada um seja livre para isso, afinal cada um sabe como um livro lhe marca, mas não devemos deixar esse tipo de história passar em branco e romantizá-las. É extremamente preocupante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário